Sistema de Controle Distribuído: quais são os avanços para a indústria?

homem em uma linha de produção com um tablet na mão
6 minutos para ler

Um bom Sistema Digital de Controle Distribuído (DCS, na sigla em inglês) pode fazer a diferença na adequação da indústria às mudanças econômicas e estruturais que já se fazem presentes atualmente. A chamada Nova Revolução Industrial é um caminho sem volta e a forma como usamos os dados e o modo como garantimos a conectividade na indústria são determinantes para o sucesso de diferentes negócios.

Por isso, promover a atualização do chão de fábrica e uma modernização dos processos e recursos é uma emergência para indústria nacional, pressionada pela tendência de abertura de mercado, que intensifica a competitividade e a concorrência. Seguem abaixo as informações sobre o funcionamento, o impacto e detalhes de aplicação do DCS. Confira!

Como o Sistema de Controle Distribuído funciona?

O conceito de Sistema de Controle Distribuído, também conhecido pela sigla DCS, pode ser entendido como um conjunto de equipamentos de software de automação industrial que têm como função controlar os processos de modo a contribuir para uma melhora na produtividade.

Esse conjunto de equipamentos trabalha de forma integrada, sendo um dos principais conceitos que utilizamos dentro do sistema de controle distribuído. Dessa forma, é possível prover uma maneira muito fácil de controle, operação e manutenção.

O DCS contempla uma maneira padronizada de trabalhar, sempre baseada em normas internacionais. Entre elas, podemos citar: padrões de tela de operação, a designação da instrumentação de campo, a normatização do sistema de alarmes e segurança, lógicas de controle padronizadas, entre outras.

O DCS é composto por um conjunto integrado de dispositivos como sensores e atuadores, interface de redes de chão de fábrica e homem-máquina, unidades remotas, estações de controle de processo, controladores e instrumentação de campo. Em termos de DCS, as principais variáveis que precisam ser controladas na instrumentação de campo são:

  • pressão;
  • temperatura;
  • vazão;
  • nível;
  • a parte analítica: como PH e oxigênio;
  • controle de válvula

Na parte dos programas, ainda temos os softwares supervisórios, que são usados para operação e controle da planta industrial, e os softwares historiadores, que fazem todo o registro histórico do processo. Além disso, o DCS melhora a familiaridade dos usuários com os equipamentos em razão da integração e da padronização.

Quais as vantagens de um DCS atualizado para controle de processos? 

Manter o DCS atualizado é de extrema importância, devido ao surgimento de tecnologias novas e superiores. Elas geram benefícios para a manutenção, a performance e a agilidade na tomada de decisão, por exemplo.

Além da evolução de controladores, servidores e computadores, o momento é de mudança. Vivemos uma revolução, a chamada Indústria 4.0, principalmente em relação à conectividade, que atualmente é fácil de prover e de alta velocidade. 

Nesse cenário, manter um sistema obsoleto, com redes muito lentas, é inviabilizar a modernização da indústria desde sua base estrutural. Por outro lado, um sistema atualizado traz diversos benefícios, como a maximização de lucros, o aumento da produtividade, um menor consumo de matéria-prima e a diminuição nos custos de manutenção.

Quais os desafios de implantar um DSC?

Em nossa experiência no acompanhamento da modernização de indústrias nacionais, observamos muitas delas com uma base instalada antiga, com baixa velocidade e processadores inferiores, principalmente no que diz respeito a redes industriais. Equipamentos como instrumentação de campo, hardwares de acionamento de motores, controladores e softwares devem ser avaliados para se manterem sempre atualizados.

Outro desafio é implementar uma boa rede ethernet de automação, que precisa ser bem dimensionada, projetada e baseada em boas práticas de implantação. Em relação a essa demanda, o destaque vai para o CPWE, um documento elaborado entre Rockwell Automation e Cisco. Ele traz um conteúdo fantástico relacionado à implementação de rede ethernet, que merece ser recomendado.

Outro desafio da indústria brasileira é desenvolver a capacidade de avaliar os investimentos em DCS a longo prazo. Uma visão imediatista implica, quase que invariavelmente, na consideração de que o projeto é considerado um investimento alto. Contudo, a modernização é fundamental, especialmente em um momento de forte tendência de abertura para o mercado externo, que exige produtividade, eficiência operacional e adoção de tecnologia.

Quais são as soluções da EDGE neste assunto?

A EDGE fornece soluções de DCS através das empresas Ladder e Intereng, por meio da distribuição de produtos de marcas altamente reconhecidas, com alta tecnologia e alto desempenho.

Por ser distribuidor autorizado da Rockwell Automation, a EDGE comercializa um fantástico sistema DCS, o plantPAX, que garante toda a integração necessária, incluindo hardwares e softwares próprios como: controladores, interfaces homem-máquina, suítes de rede, inversores de frequência, gateways, soft start, relés inteligentes, software provisório e software historiador.

Aqui o destaque é da parte de controle de válvula, que é extremamente importante e muito comum em sistemas DCS pelo tipo de indústria que é aplicado. A EDGE é o único distribuidor no Brasil do fabricante Westlock, relacionado à parte do controle de válvula. São equipamentos de extrema robustez e performance. Assim como também a Biffi, que é considerada um dos principais fabricantes de atuadores de válvulas.

A EDGE conta com a união de produtos e marcas reconhecidas globalmente, alta tecnologia e uma equipe altamente capacitada, não somente para implementar um DSC completo em uma indústria, mas também visando contribuir para a transformação digital dentro da empresa, com um atendimento rápido, confiável e flexível gerando maior competitividade para o seu negócio.

Para concluir, podemos dizer que o Sistema Digital de Controle Distribuído é um requisito estrutural para a indústria. Com sua natureza integradora, garante aumento de produtividade, lucratividade e eficiência, incluindo a otimização da manutenção.

Entre em contato conosco e saiba em detalhes como podemos ajudar com o desafio de sua implementação!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-